Exercícios Resolvidos de Atrito Cinético

Ver Teoria

Enunciado

Uma pessoa empurra horizontalmente um caixote de 55   k g com uma força de 220   N para deslocá-lo em um piso plano. O coeficiente de atrito cinético é 0,35 . (a) Qual é o módulo da força de atrito? (b) Qual é o módulo da aceleração do caixote?

Passo 1

a) O enunciado não citou o coeficiente de atrito estático, apesar de não deixar explícito que o corpo está em movimento. Consideraremos então que a força aplicada é maior que a força de atrito estático máxima, portanto, o bloco está em movimento. Sabemos que a força de atrito cinético é constante e tem fórmula definida por:

F a t = μ c N

E como não há aceleração na vertical:

N - P = 0 → P = N

Substituindo uma equação na outra:

F a t = μ c m g

Conhecemos os valores de μ c , m e g , portanto:

F a t = 0,35   .   55   .   9,8 → F a t = 188,65   N

Passo 2

b) Para resolvermos esse item, basta aplicarmos a segunda lei de Newton.

F - F a t = m a

Nos foi dado o valor de F , que é aplicada horizontalmente e sabemos o valor de F a t , que age no sentido contrário da aceleração. Portanto, substituindo os valores:

220 - 188,65 = 55   .   a → a = 0,57   m / s 2

Resposta

  1. F a t = 188,65   N
  2. a = 0,57   m / s 2

Exercícios de Livros Relacionados

Um bloco é empurrado sobre um piso horizontal por uma força
Quando os três blocos da Fig. 6-29 são liberados a partir do
Um operário aplica uma força constante de módulo 85N a uma c
Na Fig. 6-51, um caixote escorrega para baixo em uma vala in