Passo 1

Primeira coisa que a gente precisa é entender que só a componente do campo magnético que é perpendicular vai fazer com que o elétron se mova.

Passo 2

Então, só a componente B Z importa para gente. Ela faz um ângulo de 90 ° com a velocidade V X , usando a fórmula da força magnética:

F = q . V X . B Z . s e n 90 ° = q . V X . B Z

F = 1,6.10 - 19 . 6.10 6 . 2  

Dividindo essa força pela massa do elétron a gente encontra a aceleração:

a = 1,6.10 - 19 . 6.10 6 . 2   9,1.10 - 31 m s 2 ≈ 2,1.10 18 m / s 2

Resposta

a ≈ 2,1   .   10 18   m / s 2

Exercícios de Livros Relacionados

Em um modelo pré-mecânica quântica para o átomo de hidrogênio, um elét
Uma barra metálica de massa m desliza em um par de longos trilhos hori
Um elétron possui urna velocidade inicial de 12,0 j ^ + 15,0 k ^ k m /
Um próton está se movendo em uma região onde existe um campo magnético