Exercícios Resolvidos de Substituição Trigonométrica

Integração por Substituição Trigonométrica

Calcule as seguintes integrais:

c   ∫ d x x 2 + 1 3 2

Passo 1

Nessa integral aí aparece um termo que lembra o formato de uma substituição trigonométrica:

x 2 + 1

Nesse caso, quando o formato do termo é x 2 + a 2 a substituição seria de x = a tg ⁡ θ :

x = a tg ⁡ θ = tg ⁡ θ → d x = sec 2 ⁡ θ d θ

Jogando isso na integral ficamos assim:

∫ d x x 2 + 1 3 2 = ∫ sec 2 ⁡ θ d θ tg ⁡ θ 2 + 1 3 2

= ∫ sec 2 ⁡ θ d θ sec 2 ⁡ θ 3 2 = ∫ sec 2 ⁡ θ d θ sec 3 ⁡ θ

= ∫ d θ sec ⁡ θ = ∫ cos ⁡ θ d θ = sen ⁡ θ + C

MOSTRAR SOLUÇÃO COMPLETA

Passo 2

Temos que desfazer a substituição. Para isso, a boa é desenhar um triângulo retângulo onde temos um ângulo θ cuja tangente vale x , ou melhor, x 1 . Dado esse triângulo, determinamos quanto valeria o seno do mesmo ângulo:

Por Pitágoras, descobrimos a hipotenusa desse triângulo com a tangente de θ sendo x 1 . Nele, o seno desse ângulo será dado assim:

sen ⁡ θ = x x 2 + 1

Enfim, eis a nossa resposta:

∫ d x x 2 + 1 3 2 = x x 2 + 1 + C

Resposta

∫ d x x 2 + 1 3 2 = x x 2 + 1 + C

Esse conteúdo é exclusivo para cadastrados.

Cadastre-se grátis no maior portal de exatas do Brasil!

Relaxa, não vamos publicar nada no seu nome.

  • Resumões direto ao ponto
    Resumões
    direto ao ponto
  • Exercícios resolvidos passo a passo
    Exercícios resolvidos
    passo a passo
  • Videoaulas incríveis
    Videoaulas
    incríveis
  • Aulões Salva-Vidas
    Aulões
    Salva-Vidas