Um fio ideal tem uma de suas extremidades presa no teto e passa por duas polias também ideais. Uma lata com uma massa m 1 está pendurada em uma das polias (por um fio também ideal) e uma força F → de módulo desconhecido é aplicada por uma pessoa na extremidade livre do fio de maneira que a lata sobe com velocidade constante. A situação está representada na figura ao lado.

(c) Qual o módulo da força F → ? Só serão consideradas respostas justificadas.

Passo 1

c) Cálculo da força F → :

Como a lata sobe com velocidade constante, a aceleração do sistema é nula.

Aplicando a segunda Lei de Newton para a polia da direita, teremos:

2 F → - T → = 0   ⟹ F → = | T → 2 |

Aplicando a segunda Lei de Newton para a lata, teremos:

T → - P → = 0   ⟹ T → = m g

Logo,

F → = m 1 g 2

Resposta

F → = m 1 g 2

Exercícios de Livros Relacionados

Uma força horizontal constante F → a empurra um pacote dos correios de 2,00   k g sobre um piso sem atrito onde um sistema de coordenadas   x y foi desenhado. A Fig. 5-37 mostra as...
Propulsão solar. Um "iate solar'' é uma nave espacial com uma grande vela que é empurrada pela luz do Sol. Embora esse empurrão seja fraco em circunstâncias normais, pode ser sufic...
Existem duas forças horizontais atuando na caixa de 2,00   k g da Fig. 5-39, mas a vista superior mostra apenas uma (de módulo F 1 = 20   N ). A caixa se move ao longo do eixo x . ...
Duas forças horizontais agem sobre um bloco de madeira de 2,0   k g que pode deslizar sem atrito em uma bancada de cozinha, situada em um plano x y . Uma das forças é   F → 1 =   3...