Exercícios Resolvidos de Colisões Elásticas

Um vagão A , de massa 10000   k g , move-se com velocidade igual a 0,4   m / s   sobre trilhos horizontais sem atrito até colidir com outro vagão B , de massa 20000 k g , inicialmente em repouso. Após a colisão, o vagão A fica parado. A energia cinética final do vagão B vale:

(a) 400   J

(b) 800   J

(c) 100   J

(d) 1600   J

(e) 200   J

Passo 1

Como não existem forças externas atuando no nosso sitema vagões+trilhos, temos que o momento linear se conserva:

p a n t e s = p d e p o i s

m A v A + m B v B a n t e s = m A v A + m B v B d e p o i s

O vagão B tá em repouso inicialmente, então sua velocidade é zero.

E depois da colisão o vagão A fica parado. Então:

m A v A a n t e s = m B v B d e p o i s

Agora é só substituir os dados:

10000 0,4 = 20000 v B d e p o i s

v B d e p o i s = 0,2   m / s

Maravilha!!

Como ele tá pedindo a energia cinética de depois da colisão:

K d e p o i s = K A + K B

Mas K A = 0 , porque o A para depois da colisão. Então:

K d e p o i s = K B

K d e p o i s = m B v B d e p o i s 2 2  

Substituindo:

K d e p o i s = 20000 0,2 2 2

Resolvendo essa continha:

K = 400   J  

MOSTRAR SOLUÇÃO COMPLETA

Resposta

Alternativa (A)

Esse conteúdo é exclusivo para cadastrados.

Cadastre-se grátis no maior portal de exatas do Brasil!

Relaxa, não vamos publicar nada no seu nome.

  • Resumões direto ao ponto
    Resumões
    direto ao ponto
  • Exercícios resolvidos passo a passo
    Exercícios resolvidos
    passo a passo
  • Videoaulas incríveis
    Videoaulas
    incríveis
  • Aulões Salva-Vidas
    Aulões
    Salva-Vidas