Exercícios Resolvidos de Movimento Retilíneo Uniformemente Variado

Ver Teoria

Enunciado

Uma motocicleta se desloca com velocidade constante igual a 30 m / s . Quando o motociclista vê um a pessoa atravessar a rua, freia a moto até parar. Sabendo que a aceleração máxima para frear a moto tem valor absoluto igual a 8 m / s ² , e que a pessoa se encontra 50 m distante da motocicleta. O motociclista conseguirá frear totalmente a motocicleta antes de alcançar a pessoa?

Passo 1

Opa!! Vamos pra mais uma questão!

Aqui temos uma moto, que precisa frear, ou seja empregar uma desaceleração, ou seja, o sinal dela é negativo, pois é contrário ao movimento:

a = - 8 m / s 2

E ela precisa parar:

v f = 0

Sabendo que a velocidade inicial é de

v i = 30 m / s

Vamos calcular a distância que a moto tem que percorrer até conseguir parar. E ver se essa distância é menor do que a distância entre a moto e o pedestre.

Como que a gente faz isso?

Passo 2

Bom, se trata de um movimento retilíneo uniformemente variado.

Mas nota que ele não fala de tempo em lugar nenhum, então vamos aplicar a equação que não depende do tempo: Torricelli!!

v f 2 = v i 2 + 2 a ∆ S

Maravilha!

Substituindo os dados:

0 = 30 2 + 2 ( - 8 ) ∆ S

Então:

∆ S = 56,25   m

Beleza, isso significa que ele precisa de 56,25   m para conseguir parar. Como o pedestre está a 50   m de distância dele, a moto não consegue parar.

Resposta

O motociclista não consegue parar.

Exercícios de Livros Relacionados

Um trem vermelho a 72   k m / h e um trem verde a 144   k m
Você está discutindo no telefone celular enquanto segue um carro de po
O bloco da Figura 5.14 desliza sem atrito da altura h = 10 m, partindo
Um trem de metrô parte do repouso em uma estação e acelera com uma tax