Uma corda é amarrada a uma pedra e esta é colocada em movimento circular com velocidade constante. Se a gravidade é ignorada e o período do movimento circular é duplicado, a tensão na corda é:

(a) Reduzida de 1 / 4 do seu valor original.

(b) Reduzida de 1 / 2 do seu valor original.

(c) Aumentada em 2 vezes de seu valor original.

(d) Aumentada em 4 vezes de seu valor original.

(e) Permanece em seu valor original.

Passo 1

Das relações: T = 2 π ω e ω = v R , podemos escrever T = 2 π R v → v = 2 π R T .

Passo 2

Como a gravidade é ignorada no problema, a única força atuante sobre a pedra será a própria tração aqui definida como F . Dessa forma, podemos fazer F = F c p :

F = m v 2 R

Substituindo a relação entre v e T , anteriormente encontrada, nesta igualdade, teremos:

F = m R 2 π R T 2

Passo 3

Se o novo período for igual a 2 T , teremos uma tração F ' dada por:

F ' = m R 2 π R 2 T 2 = m R 2 π R T 2 1 4 = F 4

Logo, a tração é reduzida de 1 4 .

Resposta

(a)

Exercícios de Livros Relacionados

Qual é o menor raio de uma curva sem compensação (plana) que permite q
Um estudante que pesa 667   N está sentado, com as costas eretas,
Em um brinquedo de parque de diversão, um carro se move em uma circunf
Um bonde antigo dobra urna esquina fazendo uma curva plana com 9,1 &nb