Uma bola de massa M está amarrada numa corda e gira descrevendo um círculo vertical com velocidade cujo módulo é constante e vale V , como mostrado no diagrama abaixo. Em que ponto a corda tem maior probabilidade de quebrar, porque tem a maior tensão?

a) posição A .

b) posição B .

c) posição C .

d) posição D .

e) Nenhuma das alternativas anteriores.

Passo 1

Vamos fazer o diagrama das forças que atuam na bolinha em cada ponto e comparar a tensão da corda em cada um deles.

Muito bem, por se tratar de um movimento circular, sabemos que em todos os pontos terá uma resultante para o centro do circulo denominada força centrípeta.

F c p = m . v 2 R

Visto que a massa da bolinha, o Raio do circulo e a velocidade da bolinha são constantes em todos os pontos, a força centrípeta também será constante em todos os pontos.

Agora vamos analisar a força centrípeta em todos os pontos, ou seja, a resultante para o centro o circulo.

Nos pontos B e D , apenas a tensão da corda têm a direção do centro do círculo, logo:

T B = T D = F c p

No ponto A , a força peso e a tensão na corda têm a direção e sentido para o centro do círculo, logo:

T A + P = F c p

T A = F c p - P

No ponto C , a força peso e a tensão na corda têm a direção do centro do círculo, porém, sentidos opostos, logo:

T C - P = F c p

T C = F c p + P

Então comparando as tensões:

T A = F c p - P T B = F c p T C = F c p + P T D = F c p

Logo a tensão será maior no ponto C .

Resposta

Alternativa c .

Exercícios de Livros Relacionados

Qual é o menor raio de uma curva sem compensação (plana) que permite q
Um estudante que pesa 667   N está sentado, com as costas eretas,
Em um brinquedo de parque de diversão, um carro se move em uma circunf
Um bonde antigo dobra urna esquina fazendo uma curva plana com 9,1 &nb