Exercícios Resolvidos de Teorema do Confronto

USP, Cálculo 1, P1 - 2014, Questão 1_a

Calcule o limite ou justifique porque não existe:

a ) lim x + 2 x + 5 sen x x x sen 3 x

Passo 1

Vamos começar sempre substituindo no limite:

lim x + 2 x + 5 sen x x x sen 3 x =

Temos aqui uma indeterminação sacana. Então vamos ter que manipular um pouco o limite para poder chegar em algo mais concreto.

Repare lá que temos sen x no numerador e x no denominador. Então podemos tentar tirar um teorema do confronto daí.

Além disso, temos também sen 3 / x e x , substituindo isso, também podemos chegar num limite fundamental trigonométrico. Vamos então manipular o limite em cima dessas constatações. Vamos lá?

MOSTRAR SOLUÇÃO COMPLETA

Passo 2

Para começar, vamos deixar sen x e x separados do restante do limite e abrir em outros limites:

lim x + 2 x + 5 sen x x x sen 3 x = lim x + 2 x x x sen 3 x + 5 x sen 3 x sen x x =

Separando em três limites: = l i m x + 2 x x x sen 3 x + l i m x + 5 x sen 3 x l i m x + sen x x

Vamos agora aplicar o teorema do confronto no limite mais à direita: - 1 sen x 1

Multiplicando tudo por 1 / x :

- 1 x sen x x 1 x

Aplicando o limite: - l i m x + 1 x l i m x + sen x x l i m x + 1 x 0 l i m x + sen x x 0

Logo, pelo teorema do confronto: l i m x + sen x x = 0

Passo 3

Legal, agora você pode pensar que, como o limite deu zero, então:

l i m x + 5 x sen 3 x l i m x + sen x x = l i m x + 5 x sen 3 x 0 = 0

Isso nem sempre é verdade. Para confirmar se é ou não, precisamos ver se o primeiro limite dá o que geraria a indeterminação 0 , por exemplo.

Então vamos calculá-lo. Veja que o que está dentro do seno está tendendo a zero quando x :

lim x 3 x = 0

Assim, podemos tentar fazer uma substituição simpática para chegar num limite fundamental trigonométrico. Podemos considerar: u = 3 x

Ai, nesse caso, quando x :

x u = 3 0

Além disso, temos que: u = 3 x x = 3 u

Assim, substituindo:

l i m x + 5 x sen 3 x = lim u 0 5 3 u sen u = 5 3 1 l i m u 0 sen u u  

Esse limite que apareceu é o limite fundamental trigonométrico, que é sempre 1 . Assim:

l i m x + 5 x sen 3 x = 5 3 1 = 5 3

Portanto:

l i m x + 5 x sen 3 x l i m x + sen x x = 5 3 0 = 0

Passo 4

Já acabou? Ainda não, mas estamos quase lá, te prometo. Ainda falta:

l i m x + 2 x x x sen 3 x

Podemos simplifica-lo “cortando” o x . Assim:

l i m x + 2 x x x sen 3 x = l i m x + 2 x sen 3 x

Fazendo a mesma substituição do passo anterior: l i m x + 2 x sen 3 x = 2 3 1 l i m u 0 sen u u = 2 3

Assim sendo:

lim x + 2 x + 5 sen x x x sen 3 x = l i m x + 2 x x x sen 3 x + l i m x + 5 x sen 3 x l i m x + sen x x = 2 3

Pronto!

Resposta

lim x + 2 x + 5 sen x x x sen 3 x = 2 3

Esse conteúdo é exclusivo para cadastrados.

Cadastre-se grátis no maior portal de exatas do Brasil!

Relaxa, não vamos publicar nada no seu nome.

  • Resumões direto ao ponto
    Resumões
    direto ao ponto
  • Exercícios resolvidos passo a passo
    Exercícios resolvidos
    passo a passo
  • Videoaulas incríveis
    Videoaulas
    incríveis
  • Aulões Salva-Vidas
    Aulões
    Salva-Vidas