Considere um automóvel com tração dianteira. Quando o carro acelera, em que sentido aponta a força de atrito, f 1 , na roda dianteira e, f 2 , na roda traseira, respectivamente?

Passo 1

Temos um carro:

Vamos pensar em uma roda de cada vez...

Roda dianteira:

O carro é de tração dianteira, ou seja, o motor aplica seu torque resultante na roda da frente.

Assim, quando o carro acelera, o motor aplica sua potência sobre a roda e tenta fazê-la girar no sentido horário, nesse caso:

Essa será a tendência de deslizamento da roda dianteira, logo, a força de atrito f 1 age contra essa tendência, apontando para frente:

Roda traseira:

A roda de trás ela não tem nenhum torque sendo aplicado pelo motor. Essa roda está “solta” para entrar em rotação.

Mas para onde é a tendência de deslizamento dela?

Quando o carro começa a se mover para frente, a tendência de deslizamento da roda também é para frente.

Assim, a força de atrito f 2 atuará contra essa tendência e age para trás na roda:

Essa lógica funciona quando o carro anda direcionado tanto para a esquerda quanto para a direita.

O importante é que as forças f 1 e f 2 estarão sempre nessas direções:

Ficamos com a letra C.

Resposta

Letra C.

Exercícios de Livros Relacionados

Um mecanismo em forma de ioiô, montado em um eixo horizontal sem atrito, é usado para levantar uma caixa de 30   kg , como mostra a figura abaixo. O raio externo R da roda é 0,5   ...
Na Fig. 11-60, uma força horizontal constante F → de módulo 12   N é aplicada a um cilindro maciço homogêneo através de uma linha de pescar enrolada no cilindro. A massa do cilindr...
10.3E Um cilindro rola em uma rampa de inclinação θ = 30 ° . A) Calcule a aceleração angular do cilindro B) Calcule a força de atrito da rampa sobre o cilindro.
10.7P Calcule em termos do raio R   da bola, o parâmetro de impacto b de uma tacada com que um jogador deve chutar uma bola para que esta tenha uma velocidade angular vertical dada...