Duas espiras circulares de cobre situam-se sobre o mesmo plano, como mostrado. Uma corrente crescente flui no sentido horário na espira externa. O que acontece na espira interna?

(a) flui uma corrente crescente no sentido horário

(b) flui uma corrente decrescente no sentido horário

(c) flui uma corrente crescente no sentido anti-horário

(d) flui uma corrente decrescente no sentido anti-horário

(e) não flui corrente alguma, pois a espira é interna

Passo 1

Temos a corrente na espira externa produzirá um campo magnético que, pela regra da mão direita, entra na página na região de dentro da espira.

Isso faz com que haja um fluxo de campo magnético na região da espira interna. Como a corrente da espira externa temos que o fluxo de campo magnético, devido a essa corrente, aumenta!

Para contrapor esse aumento de fluxo, na espira externa haverá uma corrente que produzirá um campo magnético oposto ao campo magnético da espira externa, ou seja, para fora da página.

Para produzir um campo magnético que aponte para fora da página, é necessário que a corrente na espira interna flua no sentido anti-horário.

Como o fluxo do campo magnético da espira externa está aumentando, temos que o fluxo magnético da espira interna (que é contrário do fluxo da espira externa) também tem que aumentar para tentar compensar o fluxo total! Sacou?

Assim temos na espira interna uma corrente no sentido anti-horário que aumenta!

Resposta

(c)

Exercícios de Livros Relacionados

17- Use a lei de Lenz para determinar o sentido da corrente induzida q
20- Uma barra metálica com 1.50   m de comprimento é puxada para
15- Um anel circular está em uma região do espaço onde existe um campo
18- Um tubo de papelão é circundado por dois enrolamentos feitos com d