A figura mostra uma espira condutora circular de raio R , localizada no plano x y . A espira está submetida a um campo magnético variável no tempo e no espaço dado por B r , t = B 0 r 4 e - α t , onde B 0 e α são constantes positivas e r é a distância radial até o centro C da espira. O campo magnético B atua na região hachurada da figura, sendo perpendicular à página e apontando para fora da mesma. Nestas circunstâncias, determine:

(a) O fluxo magnético através da espira. Φ B = π B 0 e - α t R 6 3

(b) A força eletromotriz induzida na espira. ε = π α B 0 R 6 3 e - α t

(c) O sentido de circulação da corrente induzida (horário ou anti-horário) num instante de tempo finito t . Justifique sua resposta.

Passo 1

Vamos resolver aqui apenas o item (c), beleza?

Vamos usar a Lei de Lenz para determinar o sentido de circulação da corrente. Pensa comigo:

  1. Como o campo dentro do solenoide diminui com o tempo, o fluxo magnético através do circuito também diminui, certo?
  2. Assim sendo, a corrente induzida no circuito deve gerar um campo magnético que irá se opor a essa diminuição!
  3. Logo, a corrente induzida tem sentido anti-horário.

Sacou? A ideia é sempre pensar que o sistema busca um equilíbrio!

Resposta

(c) Anti-horário.

Exercícios de Livros Relacionados

17- Use a lei de Lenz para determinar o sentido da corrente induzida q
20- Uma barra metálica com 1.50   m de comprimento é puxada para
15- Um anel circular está em uma região do espaço onde existe um campo
18- Um tubo de papelão é circundado por dois enrolamentos feitos com d