Considere o lançamento de projéteis num plano w z , onde o vetor aceleração pode ser escrito assim: a → t = - g z ^ + 0 w ^ . Sobre o movimento do projétil, marque a alternativa incorreta.

A. A velocidade do projétil ao longo da direção w é constante;

B. A aceleração do projétil da direção w é zero;

C. A velocidade do projétil ao longo da direção z é constante;

D. A aceleração do projétil ao longo da direção z é - g ;

E. A trajetória do projétil será uma parábola do tipo z = a w 2 + b w + c , onde a , b e c são constantes.

Passo 1

Vamos desenhar o que ele tá falando pra gente:

A aceleração tá só na direção do eixo z , já que a componente em w é zero.

Maravilha! Agora vamos analisar esse movimento nos dois eixos separadamente, acompanha comigo:

Se a gente tem aceleração no eixo z , então nesse eixo, temos um movimento uniformemente variado, ou seja a nossa velocidade tá mudando devido a essa aceleração.

Já no eixo w , como a aceleração nessa direção é nula, a velocidade permanece constante, ou seja, é um movimento uniforme.

Show. Vamos ler as alternativas e marcar a incorreta!!

Passo 2

A. A velocidade do projétil ao longo da direção w é constante;

B. A aceleração do projétil da direção w é zero;

O enunciado dá pra gente o seguinte:

a → t = - g z ^ + 0 w ^

aceleração na direção w é zero, então a velocidade não muda! Movimento uniforme na direção w .

Então essas são verdadeiras!

Passo 3

C. A velocidade do projétil ao longo da direção z é constante;

Eita, e agora?

Velocidade constante significa que não tem nenhuma aceleração fazendo a velocidade mudar. Mas, e aí? Isso é verdade?

Não né.

Ele fala pra gente o seguinte:

a → t = - g z ^ + 0 w ^

Então temos uma aceleração nessa direção que muda a nossa velocidade com o passar do tempo. Beleza?

Essa está incorreta!

Passo 4

Só pra confirmar, vamos ver as letras D e E:

D. A aceleração do projétil ao longo da direção z é - g ;

E. A trajetória do projétil será uma parábola do tipo z = a w 2 + b w + c , onde a , b e c são constantes.

Ele falou pra gente isso:

a → t = - g z ^ + 0 w ^

g é um número, que pode ser 9,8 , por exemplo. Então quando temos essa aceleração sendo um número que não vai mudar no tempo (imagina só, a aceleração da gravidade da Terra não muda de ontem pra hoje, nem de agora pra daqui a pouco, ela é constante!) chamamos o moviemento de uniformemente variado, e pra esse tipo de movimento a posição muda com o tempo da seguinte maneira:

S = S 0 + V 0 t + a t 2 2

E o gráfico da posição pelo tempo é um parábola:

Pro nosso caso, já que estamos analisando o movimento no plano z w , é só trocar o S por z , e o t por w :

Z = Z 0 + V 0 z w - g w 2 2

E a trajetória é uma parábola!

Com isso, as letras D e E estão corretas!

Resposta

Alternativa C.

Exercícios de Livros Relacionados

Suponha que o ângulo inicial α 0 da Figura 3.26 seja 42,0 ° e que d seja igual a 3,0 m. Onde o dardo e o macaco se encontrarão, se a velocidade inicial do dardo for a) 12,0 m/s? b)...
Na Figura 3-35, qual é a rapidez inicial mínima que o dardo deve ter para atingir o macaco antes que este chegue ao chão, que está 11,2 m abaixo da posição inicial do macaco, se xx...
Galileu mostrou que, se os efeitos da resistência do ar são ignorados, os alcances de projéteis (no mesmo nível) cujos ângulos de projeção diferem de 45°, para mais e para menos, d...
Dentro do carro, um motorista atira verticalmente para cima um ovo, que atinge uma altura máxima justo abaixo do teto, 65 cm acima do ponto de lançamento. Ele recupera o ovo na mes...