Dois fios retilíneos muito longos, paralelos, a uma distância de 1   m entre si, transportam, cada um, uma corrente elétrica estacionária de 1   A . O módulo da força magnética por unidade de comprimento que cada um exerce sobre o outro é:

a 4 π μ 0   A 2 / m .

b 2 π μ 0   A 2 / m .

c π μ 0   A 2 / m .

d μ 0 / π   A 2 / m  

e μ 0 / ( 2 π )   A 2 / m .

f μ 0 / ( 4 π )   A 2 / m .

Passo 1

A força magnética sobre um fio retilíneo é dada por:

F 1 → 2 = I 1 L B

Onde o campo magnético gerado pelo outro fio é dado através da lei de Ampère:

∮ C   B → ∙ d l → = μ 0 I i n t

Para esse tipo de problema, consideramos a amperiana uma circunferência de rio r , logo:

2 π r B r = μ 0 I 2

B r = μ 0 I 2 2 π r

Substituindo na expressão da força magnética, teremos:

F 1 → 2 = μ 0 I 1 I 2 L 2 π r

Assim, a força por unidade de comprimento será:

F 1 → 2 L = μ 0 I 1 I 2 2 π r

Sabendo que r = 1   m e I 1 = I 2 = 1   A , teremos:

F 1 → 2 L = μ 0 2 π

A resposta certa é a letra e .

Resposta

e μ 0 / ( 2 π )   A 2 / m .

Exercícios de Livros Relacionados

41- Um supercondutor do tipo I I em um campo magnético externo entre B
A figura 29-86 mostra uma seção reta de um condutor cilíndrico oco de
82- Condutores retilíneos longos, com seções retas quadradas, cada um
74- Um condutor possui forma de um cilindro oco, sendo a o raio intern